“Os Vales”, como se habituou chamar aos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, tiveram suas imagens formatadas como locais de pobreza, miséria e esquecimento, muitas vezes sendo negligenciada a riqueza cultural e social daqueles povos que construíram a realidade da região. Claramente existem questões que se voltam à pobreza e a falta de oportunidades econômicas, às quais se remetem à necessária presença do Estado como indutor de desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem nos Vales. Mas, com total certeza, também é preciso que o Estado seja parceiro para o fortalecimento daquilo que é a expressão de riqueza na região, sua força cultural e suas relações de cooperação.  

Assim o objetivo do Plano é definir as bases de uma política de desenvolvimento regional para as regiões Jequitinhonha e Vale do Mucuri, de modo a reorientar as ações públicas voltadas ao desenvolvimento da região.

Plano Jequitinhonha e Mucuri