Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço assina Manual que vai facilitar os processos administrativos das prefeiturasTendo em vista facilitar o registro e formalização de empresas nos municípios do Vale do Aço, a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA) e o Sebrae-MG assinaram um Manual de Padronização com os municípios de Coronel Fabriciano, Timóteo, Ipatinga e Santana do Paraíso. Os compromissos de formalização foram firmados nesta semana, em Ipatinga, durante o Encontro de Oportunidades para Micro e Pequenas Empresas nas Compras Governamentais - VI Fomenta Minas.

 

A partir da adoção de procedimentos padrão, os empresários destes municípios terão os seus processos administrativos simplificados, além de fomentar o crescimento econômico da região.

 

Para a prefeita de Ipatinga, Cecília Ferramenta, estes novos processos irão facilitar a vida dos empresários. “Temos que trabalhar na perspectiva de união, e a assinatura dessa Cartilha trará uma enorme facilidade para as micro e pequenas empresas, e para aquele que quer empreender”. Ela destacou ainda que este é um ponto fundamental para que as empresas possam desenvolver e para valorização da Região Metropolitana, que tem um grande potencial. 

Já a prefeita de Coronel Fabriciano, Rosangela Mendes, destacou os benefícios que o acordo vai trazer para as administrações municipais. “A expectativa é que essa Cartilha vire um Decreto e que os municípios possam ter menos desgaste com a burocracia. É um grande ganho para toda a região que agora tem uma legislação única que trata de maneira igual e dá segurança aos empresários”. 

  

Fim da burocracia

 

O trabalho de padronização foi iniciado pela Agência RMVA quando ela identificou que abrir uma empresa nos municípios da região é um processo muito burocrático e pouco transparente, no qual os empresários enfrentam grandes dificuldades para legalizar seus negócios. Verificou-se ainda que nas prefeituras faltava sincronia e alinhamento de informações entre os órgãos envolvidos no processo de registro.

Diante desta realidade vivida pelos empresários e prefeituras, a ARMVA, em parceria com o Sebrae-MG e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, elaborou o Manual de Padronização para simplificar e facilitar os procedimentos junto aos municípios de sua área de atuação. A partir da construção de mecanismos que permitam a redução de fluxos desconexos, retrabalho, duplicidade de procedimentos e tramitação de documentos atrasam a formalização e levam à má utilização de recursos. 

“Acreditamos que desburocratizar é importante para desenvolver, e como uma agência de desenvolvimento que somos, assumimos o compromisso de acompanhar e manter em funcionamento esse processo de padronização que vai favorecer o empreendedor, o contribuinte e os municípios como um todo” explica o diretor da ARMVA, Carlos Magno Xavier.

 

Também participaram da solenidade o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso, o diretor superintendente do Sebrae-MG, Afonso Maria Rosa e os prefeitos dos municípios da Região Metropolitana do Vale do Aço.